jueves, 15 de noviembre de 2012

Miragem

Foda-se o que nunca foi, ou o que mais ficou. Eu sempre me apaixonei mais pelo que nunca existiu.

1 comentario: