miércoles, 9 de mayo de 2012

Conceito com sangue

Eu sento lá fora, com um cobertor no colo, esperando uma daquelas estrelas caírem. É noite, mas eu sento debaixo da árvore em que gravei somente a minha inicial, dentro de um coração vazio, Bebendo chá de gengibre com sangue esperando qualquer uma daquelas estrelas caírem.
Sem mais conceitos pra pendurar nos galhos, resolvo me deitar, pois decidi que amanhã cedo saírei pra comprar sementes de alguma árvore que não tenha galhos.
Boa noite.

No hay comentarios:

Publicar un comentario