domingo, 27 de noviembre de 2011

Que me ama

Na minha cama tem uma mancha do seu sangue,
E no seu sangue tem uma mancha que me chama.

No hay comentarios:

Publicar un comentario