lunes, 21 de noviembre de 2011

Encruzilhada

Nosso encontro foi a intersecção
Entre o  meu caminho e o seu
Ficará o rastro de uma ficção:
Algo que você não foi pra mim
E Algo que eu só pareci pra você

E foi sempre passado
Quando nasceu, viveu, e amou
Pra mim, mais farsa do que eu queria
Pra você, mais verdadeiro que deveria
Assim adoeceu e morreu, mas amou

No hay comentarios:

Publicar un comentario