jueves, 5 de agosto de 2010

Fique fora dos meus sonhos!




Noites acordado. Armas, drogas, violência e diversão adoecida.
Dias sóbrios. Prazos, planos e concretizações.
O corpo sucumbe. Sono, sonhos. Lindos sonhos. "Há quanto tempo não te via?". Sentidos virtuais. Sentimentos reais.
O sol não esquece. Desespero não é sonhar, o desespero é despertar.
Rotina. Envelheço. Câncer. Já se passaram mais de dois anos, e eu ainda não morri.

1 comentario:

  1. preciso dizer algo? adorei, adorei o blog todo!
    Amo-te priminho!
    by Sah

    ResponderEliminar