martes, 8 de junio de 2010

Cus if your dad doesn't have a beard, you got two moms

Meu pai conta que tinha barba até o meu nascimento, depois disso nunca mais. Eu, no entanto, deixo sempre algum tipo de barba desde a oitava série, quando com meus 13 anos descobri um par de costeletas habitando minha face.
E então meu pai resolveu cultivar novamente uma barba. Bem na época que eu cortei a minha por problemas emocionais, essa tal tendência pink floydiana de extravasar as frustrações depilando seu corpo. Portanto meu pai esteve com a barba bem maior que a minha, por um bom tempo. Isso me fez sentir filho, como antigamente.
Ele parecia uma mescla de mago ancião, com executivo fumador de charutos, e um motoqueiro de custom, no seu estilo mais easy rider de viver. Até dei um CD do Creedence Clearwater Revival pra ele.
Mas minha mãe não estava gostando muito da história, por isso ele cortou. Eu fiquei frustrado. Até hoje a sensação de ter duas mães me persegue em alguns momentos.

Aí fiquei mais aliviado e parei de implicar com meu pai quando eu conheci esse colega, cuja mãe tem bigode.

4 comentarios:

  1. huahuahuahuahuahu

    nesse caso creio que seu colega "has two dads"...

    muito boa !

    ResponderEliminar
  2. Hahahaha!

    Muito bom. Gostei!

    Por que não explora os seus textos imageticamente?

    Abs

    ResponderEliminar
  3. é isso mesmo, melhor um pai com carinha de bebê do que uma mãe com carinha de trocador...

    ResponderEliminar