jueves, 18 de marzo de 2010

Expedição para Morder




1 – Saímos do Mendigo’s Bar (Urbanus), lá pegamos suprimentos (nada de pão de hobbit, apenas uma garrafa de cocoblank e seven hills) – devemos levar suprimentos como: roupas que não vamos mais usar, incenso, pão com incenso, alcool pra NÃO acender fogueira e nada de canivetes ou facões;
2 – Passamos pelos portões da Vila Format C: Vila C;
3 – Atravessamos as minas do Porto Meira;
4 – Falamos com os Black Dwarves do Jardim Jupira
5 – Colha cogumelos mágicos no Jardim América
6 – Embarque no último ônibus para o Morumbi (assim não tem como voltar) e comece a andar em busca da encruzilhada do Blues (cuidado com os corpos no mato)
7 – A partir daqui siga o Mago Jackson (perdão, mas é a única forma). Ele vai falar algumas vezes “agora eu me lembro!!!! É aqui!!!!” e você vai dizer “agora eu me lembro!!! Já passamos por aqui umas 5 vezes!!”
8 – Passe a Encruzilhada do Capeta e se esconda de todos os carros;
9 – Passe por outra Encruzilhada do Demônio e ande!!! Nem pense em parar! Volta, anda, corre, rebola e chegue no portal dimensional
10 – Portal Dimensional que te leva para uma vila dos anos 20, com direito a casinhas com cerca, casa na árvore, boteco-galpão, uma única escola, uma única igreja, e atrás um cemitério abandonado e a casa da bruxa de Blair (não deixe de entrar no cemitério abandonado); ande mais um bocado e você encontrará a entrada do portal dimensional, sim, você fez uma volta do carai.
Nota: nunca amanhece nessas terras
X – depois de muito andar você passa por duendes que te derrubam, sinais alienígenas no trigo, e camburões da Rotam que não ousam te bater nem revistar pois você está vivo num lugar como aquele.

Como é Morder? Nós não lembramos.

No hay comentarios:

Publicar un comentario